A polêmica de Pi



Um jovem judeu foge da Alemanha nazista para o Brasil em um navio, que naufraga. O rapaz se salva em um bote com um jaguar que também estava no navio... Um jovem indiano, filho de um dono de zoológico, emigra com os pais para o Canadá, o navio naufraga e ele se salva num bote, junto com um tigre de bengala. Aqui as semelhanças não são meras coincidências. Quando Yann Martel ganhou o prêmio Booker, por "As aventuras de Pi", foi perguntado sobre a semelhança de sua história com o livro "Max e os felinos", do escritor gaúcho Moacyr Scliar. Martel confessou que usou a "idéia" do brasileiro. Mas a coisa ficou ainda mais feia ao declarar que apenas "quis aproveitar uma boa idéia estragada por um escritor ruim". A deselegância de Martel fez muitas pessoas compararem. As aventuras de Pi é um bom livro, sim, mas não se compara a Max e os Felinos... foi o que a maioria disse. Scliar morreu em 2011. Antes de ver sua história roubada receber 11 indicações ao Oscar de 2013.

E você? Valoriza a literatura nacional ou prefere as obras plagiadas da mesma??

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo