Resenha: Procura-se um marido.

Olá!
Primeiro quero agradecer a todas que comentaram na minha primeira resenha, obrigada, obrigada e obrigada. Hoje vim falar um pouco sobre o romance da nossa conterrânea Carina Rassi. Sou suspeita ao falar da autora pois sou fã dos autores brasileiros J.



Tentei ler o livro a algum tempo na versão digital, o que ainda não me acostumei e, acredito que tenha pesado mais, estava solteira e tudo o que não procurava era um marido. Não que foi planejado, e então estava eu procurando meu próximo livro na biblioteca e eis que o encontro, sim levei e me apaixonei.
Inicialmente Alicia, protagonista do livro, é total e absolutamente a adolescente mimada, riquinha que só quer saber de farra. Entretanto essa pimpolha tem 24 anos! Viajou o mundo inteiro, é órfã e sua única família é seu avô que tem uma fortuna incalculável.
Já no início do livro Alicia perde seu avô e fica desolada, principalmente após a leitura do testamento onde descobre que não poderá usufruir da herança, não até estar casada a mais de um ano. Enquanto isso sua fortuna é administrada pelo curador e ela passa a ser assalariada com seu emprego vitalício em uma das empresas que eram do seu estimado avô.
O que piora muito quando ela descobre que não terá nenhum cargo de destaque e sim que vai começar de baixo como assistente da secretária. Em meio a essa situação ela conhece um gato, estilo Christian Grey (Nooooossa!!!!) Mas eles se odeiam, aliás ela não é querida entre os colaboradores da empresa.
Sem vontade de se casar ou um namorado sequer a maluquinha da Alicia resolve colocar um anúncio no jornal procurando um marido por tempo determinado. Eis que após alguns encontros desastrosos ela se encontra com o deus grego que é seu colega de trabalho :O.
Bem o que a Carina Rissi me passou neste livro foi que de longe as pessoas são muito diferentes do que realmente são, gostei muito da história, me encantei, sorri, lágrimas queriam sim escorrer (talvez sim...) gostei até da Alicia. Ela é legal, tem seus medos e paranoias mas no final ela me conquistou.
A relação da Alícia com seu avô também marcou muito, dificilmente damos valor de verdade a quem está ao nosso lado, e a única certeza que temos é de que um dia iremos nos separar então devemos sempre dar aquele abraço, dizer eu te amo sem pensar que vamos parecer bregas. E dificilmente quem se foi deixará cartas estilo p. s. I love you.
Apesar de todos os acontecimentos Alicia é sortuda, tem um avô amoroso, uma melhor amiga ímpar, um gato dando sopa, é linda e rica, quer mais?
Outra coisa que curti muito foi a playlist do livro que está disponível no site da Carina. Gostei de quase todas as músicas, então ponto pra ela rs.
Descobri, depois de ler o procura-se um marido, que este já é o terceiro da autora e estou curiosa para ler os outros (Perdida e Encontrada, alguém já leu?), e que ela é uma militante incansável de que o casamento é sim algo muito bom e eu sinceramente concordo.
Beijos,

Comentem meninas, adoro ler cada um dos comentários :*

Por: Lili Marques

28 comentários

  1. deve ter sido difícil para uma menina que sempre teve
    tudo começar por baixo.

    também não me adaptei a ler digital rs
    Linda Noite
    beijokas da Nanda

    Mamãe de Duas
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, experiência própria.
      Acho que sempre é bom.
      Ainda prefiro o livro físico, mais ainda me acostumo um dia.
      Beijinhos

      Excluir
  2. Também não gosto e não me acostumei com versões digitais. Simplesmente a leitura não rende. Parece ser super legal esse livro, fiquei com vontade de ler! hehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou 'esquecida' então sem um marcador de páginas fico lendo o que já li rs.
      Você vai gostar Paty, tive que me segurar na black friday pra não comprar os outros dois livros da Carina.
      Beijinhos

      Excluir
  3. Já li tantas histórias românticas... ah é uma delícia nos perdemos nas páginas até o fim.
    Esse pela sua resenha pareceu valer muito à pena conferir, bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Cris é sempre bom nos perder e até tentar viver algumas páginas rs.
      Não é meu estilo reler um livro mas este eu leria novamente sim.
      Beijinhos

      Excluir
  4. Adorei o Título... Militante em prol ao casamento... Interessante rss... Fiquei curiosa. Bios

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora eu também sou super a favor do casamento.
      O motivo dela procurar não foi nobre (a herança) mas ela ganhou bem mais que isso.
      Depois que ler me diga o que achou.
      Beijinhos

      Excluir
  5. Não conhecia essa autora, parecer ser bom e engraçado , temos que dar.valor essas pessoas q sempre nos acompanha, nos dao força pra tudo
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só a conheci com esse título e agora estou curiosa com o trabalho dela.
      Verdade, só a distância de quem amamos dá saudade, quando se vão pra sempre é um vazio sem tamanho.
      Beijinhos Vitória.

      Excluir
  6. Que legal! Deu vontade de ler! Tem playlist? Que legal! Também sou uma militante do casamento! Rsrs! Abraços
    www.20minutospratudo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem Ariane! rs
      Casamento é tudo de bom não é?
      Beijinhos

      Excluir
  7. Adorei! Fiquei com vontade de ler! E tem.playlist? Também sou a favor demais do casamento!
    www.20minutospratudo.com.br

    ResponderExcluir
  8. Eu tenho o livro Perdida dessa autora, mas ainda não li, espero ler em breve! Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Gisele quando ler me conta!
      #curiosa e pelas resenhas que li dele tem a pegada bem legal, só que a alguns séculos atrás. Que eu também adoro.
      Beijinhos

      Excluir
  9. Lili, ainda não conheço esse livro. Mas me interessei pela sua resenha! Vou procurar agora pelas livrarias
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vai se arrepender Ingrid.
      Minha próxima aquisição com certeza será Perdida.
      A adoro suas resenhas!
      Beijinhos

      Excluir
  10. Não consigo ler essas versões digitais, nem pdf. Gosto de pegar e sentir o livro rsrs Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É tão gostoso cheiro de livro!
      Ter a história entre as mãos, leio muito mais rápido e curto muito mais o enredo com livro físico.
      Concordo plenamente contigo Jamilly.
      Beijinhos

      Excluir
  11. Apesar de não tido tempo para ler livros ultimamente, eu adoro ler e como você nunca consegui ler nada digital.
    Sua resenha está maravilhosa muito explicada e clara.
    A história parece ser bem envolvente, e fiquei curiosa para saber o final da Alicia.
    será que ela me conquistaria também?
    Achei que para uma mulher de 24 anos e viajada, tem um jeito meio infantil!
    mas só lendo mesmo que vou matar minha curiosidade!
    Bjinhos.
    www.prosaamiga.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Digital não é mesmo minha praia rs.
      Obrigada Fernanda.
      Também achei a Alícia infantil no início e em algumas decisões no decorrer da história mas acho que justifica por ter sido criada pelo avô, ser rica e a única neta.
      Como ela melhora muito no decorrer da trama acho que ela te conquista sim.
      Beijinhos

      Excluir
  12. Fiquei super curiosa para ler. O enredo parece ótimo, me prendeu so de ler um pouco sobre, já quero. Bjs
    Vivi e isaac

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Vivi você não se arrependerá.
      Beijos

      Excluir
  13. Não consigo ler nada digital, sua resenha ficou ótima. Fiquei doida para ler
    bjcas
    www.estou-crescendo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Digital é bem ruim :(
      Obrigada Shairane.
      Vai adorar o livro.
      Beijos

      Excluir
  14. Amei a resenha e queroooo o livro!!!! Novidade néh?
    Mas eu amo romances e leituras que fazem a gente esquecer a idade!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leitora compulsiva obsessiva, isso devia ser um elogio. rs
      Obrigada Aline.
      Ler romance é tudo de bom :)
      Beijos

      Excluir

Topo