[Resenha] Perdida - Carina Rissi

Como tinha confidenciado na resenha de ‘Procura-se um marido’ estava muito curiosa com os outros dois livros da Carina (Quem estiver curiosa com essa resenha é só clicar aqui). Devido as várias diferenças entre um livro e outro eu ainda estou construindo em minha mente quem é Carina Rissi.

Comparando as duas obras posso dizer que as semelhanças são as protagonistas que apesar da diferença social são jovens, não acreditam na entidade do casamento, vivem em uma metrópole, não tem família e tem uma melhor amiga ÚNICA. No desenrolar da estória um “príncipe” a salva e mostra que o casamento é sim muito bom.


Vamos voltar para o livro ‘Perdida’. Sofia é órfã, trabalha em um escritório para um chefe quase insuportável, tem 24 anos, gosta de ler e é viciada em tecnologia, tão viciada que está sempre com seu smartphone e consome apenas comida congelada aquecida no micro-ondas. Tudo muda quando seu estimado aparelho celular cai dentro do vaso sanitário após algumas biritas e ela precisa adquirir um novo.

Ao entrar em uma loja ela é atendida por uma vendedora que oferece um celular com tudo que ela precisa e ao tentar usar o monstrinho ele a leva para o ano de 1830. Como a moça é sortuda ela é resgatada por Ian que a hospeda em sua casa sem pedir nada em troca, um cavalheiro.

Apesar do susto de voltar 200 anos no tempo a Sofia é muito bruta com o Ian, fica presa a coisas supérfluas e em momento algum ela tenta parar de citar gírias. Eu estaria agradecida mas nada parece suficiente para a querida Sofia. As diferenças são grandes mas não é impossível viver naquela época, por favor! Ela insiste em focar na ‘casinha’ onde as necessidades fisiológicas são feitas. Esse é seu grande problema? Experimente ficar realmente doente. Aí sim você tem um problema mocinha!

Quando ela percebe que está na hora de volta ao ano de 2010 ela fica na dúvida: Voltar para minha vida solitária e sem sentido mas com muita tecnologia e conforto ou ficar aqui na rusticidade com amigos e o amor da minha vida? Please! Como já aconteceu antes eu não gostei da protagonista mas seu par...  Atencioso, compreensivo, cavalheiro, lindo, são tantas qualidades que ficaria monótono citar todas.

Carina Rissi me conquistou em ‘Procura-se um marido, o que só me faz crer que ela cresceu muito como escritora e agora quero ainda mais ler seu terceiro livro, ‘Encontrada’ que é continuação de perdida. Quem sabe a Sofia não tomou jeito?
Obrigada por lerem.

Beijinhos da Lili Marques

3 comentários

  1. Essa semana mesmo encontrei um papel onde estava escrito os livros que eu quero comprar, e adivinha? Procura-se um marido estava lá. Depois dessa resenha, vou acrescentar Perdida. Que resenha incrível! Parabéns, Lili
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Tomara que goste do livro :)
    Agora que li Perdida passei a gostar mais da Sofia.
    Obrigada Ingrid.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Ei Lili, tudo bem?

    Eu to super curiosa para ler algum livo da Carina e a ela só cresce.

    Bjin da B
    www.brendalandim.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Topo