RESENHA Um sorriso ou dois - Frederico Elboni

Por Ingrid

Apesar da minha crescente dificuldade de resenhar livros de curtas histórias, cá estou eu para mostrar um autor não tão desconhecido assim. Frederico Elboni criador do site Entenda os Homens. Apaixonado por sushi e nhá benta e principalmente, apaixonado em escrever. Quem lê o primeiro texto já percebeu que ele tem dom para a escrita.

"Hoje eu sei o quanto preciso do amor para ser criativo e ter prosperidade, mas, principalmente, para ser ainda mais eu."

Esse livro eu ganhei de presente de aniversário da minha amiga irmã Lila (a dona oficial do blog) e os textos que eu conheci dele, ela que me apresentou também. Eu o acompanhava através do facebook apenas e tem um texto que eu li lá e abri um sorriso ou ver no livro.

"Você pode ser uma pessoa supercharmosa, educada ou inteligente, se a outra pessoa não for equivalente, não perceberá o quão valiosa você é."

Bem, não é um livro de auto-ajuda muito menos um guia de como conquistar alguém. É um livro de histórias feitas por um jovem apaixonado (nele mesmo e na vida). 

"O passado me ensinou a importância de saber dizer 'não' sem me sentir culpado pelo fato de atender primeiro às minhas necessidades. O passado me ensinou que as pessoas não somem, perdem o interesse. O passado me ensinou a não acreditar em um 'Estou com saudade' se não vier acompanhado de um 'Como faço pra te ver?'".


Sou fã da escrita do Fred e de vez em quando me pergunto, quem não é? Ele consegue traduzir em palavras várias manias femininas e até nossos devaneios. Não sei exatamente como ele faz isso, mas posso garantir que é fácil se identificar.
Li esses textos ao som de Sandy e Junior, Zax e Ed Sheeran. Foi um mergulho.

"Sentir a dor é necessário. Mas sentir mesmo, não jogá-la para debaixo dos panos sem reorganizar e inverter as prioridades. Falo de chorar, sofrer e consternar-se para, depois, ser digno de sorrir verdadeiramente."

E eu só posso terminar agradecendo ao Fred por nos entender, ou pelo menos tentar. Não são as leitoras que entendem os homens, mas a gente que entende como é possível não enlouquecer com estereótipos.

Ficha técnica: Editora Benvirá, 2014
Folhas amarelas
217 páginas

8 comentários

  1. Oi
    Eu já conhecia o livro, acho ele bem interessante para o público juvenil, o autor tem uma escrita fluída.

    ResponderExcluir
  2. Olá Ingrid, tudo bem?
    Owmm eu tenho esse livro e ele é realmente um amor.
    Adoro a forma como o Fred parece enxergar a nossa alma.
    As dicas, os conselhos, as historias...
    Tudo nesse livro é bom.
    Leitura realmente maravilhosa.

    ResponderExcluir
  3. Que capa linda, gostei bastante!
    Além disso, Frederico parece ser bem sensível com as palavras pelos trechos que você apresentou. Eu já tinha ouvido falar desse livro, mas nunca me interessei a saber mais, no entanto, ele parece ser bem agradável. Gostei.

    ResponderExcluir
  4. Olá, como vai?
    Adorei saber desse livro, com certeza irei comprar eu amo o blog do Frederico EOH
    Acredito que as reflexões dele são muuuito válidas eme ajudou a mudar alguns conceitos.
    Amei o post.
    Beijo
    https://qadulta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Aaaaaaaaaaaaah Fred, amoo esse livro <3
    adorei a resenha! parabéns pelo blog,muito lindo! sucesso!
    Beijos

    https://aloucadoslivrosoficial.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  6. Oii
    Sei pouco sobre o Frederico. Nunca li nada dele. O livro parece ser bem interessante, perincipalmente para curte os textos dele.
    Bjus

    ResponderExcluir
  7. Oii Ingrid, tudo bem?
    Eu tenho tanta vontade de ler esse livro que você nem imagina, até agora sempre vejo ótimos comentários e acho linda a mensagem que o autor procura trazer, ótima resenha.
    Abraços

    ResponderExcluir
  8. Oi.

    Já tinha visto o livro por aí, mas nunca tinha lido muitas coisas sobre ele. Apesar de sua resenha estar muito boa, ainda não fiquei interessada em ler o livro. Vou passar a dica dessa vez.

    ResponderExcluir

Topo