"Pássaros Feridos"


"Existe uma lenda acerca de um pássaro que só canta uma vez na vida, com mais suavidade que qualquer outra criatura sobre a terra. A partir do momento em que deixa o ninho, começa a procurar um espinheiro-alvar e só descansa quando o encontra. Depois, cantando entre os galhos selvagens, empala-se no acúleo mais agudo e mais comprido. E, morrendo, sublima a própria agonia e despede um canto mais belo que o da cotovia e o do rouxinol. Um canto superlativo, cujo preço é a existência. Mas o mundo inteiro pára para ouvi-lo, e Deus sorri no céu. Pois o melhor só se adquire à custa de um grande sofrimento... Pelo menos é o que diz a lenda.”
E assim começa o livro "Pássaros Feridos" de Colleen Mccullough.

Pássaros feridos, é um romance épico arrebatador com mais de 600 paginas que eu devorei em três noites, impossível parar de ler, escrito na década de 70 , que conta de forma densa, simples e literalmente bem estruturada uma história de amor, ambição, bondade, ódio, insegurança, sentimentos reprimidos e momentos felizes vividos secretamente. A historia gira em torno do amor proibido entre Meggie e o padre Ralph, e narra a vida de 3 gerações da familia Cleary que vivem na Austrália e durante décadas vão passar por várias privações e consequências das suas escolhas, muitas vezes nefastas mas que sem elas não teriam alguma alegria na vida. Impossível parar de ler, o livro me prendeu do inicio ao fim. Magnífico!! Não é por acaso que este livro se tornou num dos maiores fenômenos literários. É uma obra intemporal que continuará a bater recordes durante muitos mais anos e cujas personagens ficarão para sempre nas nossas mentes. Me apaixonei por esse livro, o li quando tinha meus 15 anos, emprestado, agora quero para minha coleção!!
Apaixonante! Uma historia de vida, que nos leva a crer que não importa o que aconteça, nosso destino somos nós que fazemos. Belo e trágico, quero para minha coleção e para releitura, recomendo para quem aprecia boas histórias.

Algumas passagens para vocês se deliciarem.


"Dizem os gregos que é pecar contra os deuses amar alguma coisa mais do que manda a razão. E lembra-se do que eles dizem quando alguém é amado assim? Que os deuses, invejosos, abatem o objeto desse amor na plenitude da sua força? Há uma lição nisso, Meggie. É profano amar demais.
— Profano, Anne, é a palavra-chave! Não amarei o filho de Ralph profanamente mas com a pureza da própria Mãe Santíssima”.

“(…) É apenas um homem. Vocês são todos iguais, grandes mariposas peludas que se despedaçam no encalço de uma chama tola, atrás de um vidro tão claro que os seus olhos não a vêem. E quando conseguem entrar, aos trancos e barrancos, no interior do vidro para chegar à chama, caem ao chão queimados e mortos. Entretanto, lá fora, na noite fresca, há comida, amor e pequenas mariposas. Mas vêem eles essas coisas? Querem essas coisas? Não! É atrás da chama que correm, até perder os sentidos e morrer queimados por ela. (…)”

“Meggie é uma bênção — disse ele [Ralph]. — É uma coisa sagrada para mim,
uma espécie diferente de sacramento”.


Ps: Foi adaptado para TV na década de 80, mas não assisti, e as criticas que li dizem não fazer jus ao livro. Na minha opinião nunca fazem mesmo.
Beijos!!!

19 comentários

  1. Hum que legal. Nossa nunca mais eu li um romance... Deu saudades. Cris

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vida de mãe é corrida, mas tira um tempinho para ler!!
      Vc vai adorar!

      Excluir
  2. Leitura é sempre bom, ainda não li esse livro mas já ouvi falar muito bem.
    Beijos
    Bê a Bá da Beleza | Instagram | Fan Page | Pinterest

    ResponderExcluir
  3. Eu já li, e realmente está longe de um romance normal. Ótima leitura. ;)
    Beijinho <3
    www.emnovoestilo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Esse livro é lindo , assisti o seriado também uma linda história de amor . Saudades de reler . beijos ótima dica

    ResponderExcluir
  5. Ai deve ser lindo...
    Adorei a dica! bjs

    ResponderExcluir
  6. Nossaaa . .estou mesmo precisando voltar a ler ... bjs

    Roberta Aquino
    Diário de uma Princesa

    ResponderExcluir
  7. faz tempo que não leio um romance, concordo que muitas adaptações nunca fazem juiz ao original mesmo, bjs
    Carlah Ventura - Intensa Vida

    ResponderExcluir
  8. Adoro esse tipo de livro.
    bjcas
    http://estou-crescendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Adoro ler... apesar do dia ser corrido a gente sempre arruma umtempinho.
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Nossa, me deixou curiosa agora hein? Falou em romance épico já me chama atenção rsrs
    Parece ser uma leitura muito boa, já adicionei a minha lista de leituras!
    Beijos
    Jan
    Dedicação de Mãe

    ResponderExcluir
  11. É maravilhoso ler, ainda não li esses mas pelo visto são bons.
    bjos

    ResponderExcluir
  12. Huuuuum! Adoro um bom romance, apesar de estar agora na onda dos chick-lits, esse me interessou..anotando aqui.
    bjs

    ResponderExcluir
  13. amo romances pena que não leio muito agora
    interessante a lenda do pássaro

    Linda Noite
    beijokas da Nanda

    Mamãe de Duas
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
  14. Lindo, muito interessante
    E fala de tudo sobre da vida
    Bjus
    http://segredosdaluma.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Adoro romances, épicos, melhor ainda... 600 páginas sério??? Nossa, faz tempo que não leio romance, ainda mais desse tamanho... no momento só leio livros infantis e de maternidade. eheheh

    bjs
    www.dicasdagi.com.br

    ResponderExcluir
  16. Já ouvi falar desse livro, e tenho muita vontade de ler ele também, adorei a resenha!

    http://gotasdecaffe.blogspot.com.br/2014/08/o-primeiro-amor-e-o-amor-proprio.html

    ResponderExcluir
  17. Li um livro a pouco tempo, e fazia muito tempo que não lia mais.
    Adorei este, vou tentar encaixar para poder ler. Bjs
    Vivi e Isaac

    ResponderExcluir

Topo