RESENHA - Anexos - Rainbow Rowell

Por Ingrid Faria

Anexos foi o primeiro romance da Rainbow Rowell. Embora meu primeiro contato com a autora seja através de Eleanor e Park, sua primeira obra me mostrou como a autora amadureceu sua escrita.

A escrita da autora continua fluida e contínua. A diferença perceptível entre "Anexos" e "Eleanor e Park"é a tradução. Em Anexos principalmente. Não que eu tenha lido o original, infelizmente não, mas percebi em algumas piadas uma falta coerência porque perdeu o sentido original. Talvez tenha surgido uma tradução ao pé da letra. E isso me faz valorizar cada vez mais os tradutores de livros. Já em Eleanor e Park não me lembro de nenhum momento que não tenha entendido. 

Sem dúvida alguma fui fisgada pelos diálogos desse livro. Até porque nessa obra conhecemos duas jornalistas incríveis: Jennifer e Beth. As duas trocam emails pessoais em uma redação que tem uma pessoa para conferir os emails de todos. 
Essa pessoa é o Lincoln. Um profissional de TI contratado para cuidar à noite de um filtro de email na redação de um jornal. Os emails das jornalistas sempre caiam lá e quando Lincoln percebeu, ele já estava envolvido nas histórias e não havia enviado nenhum aviso para elas.

Beth é uma jornalista crítica de cinema. Jennifer é uma colunista. Ambas trocam hilariantes emails. E quando elas citam vários filmes, aquilo mexe comigo. Me faz querer devorar o livro. 
Como também o jeito que o Lincoln se envolve é instigante.

"Jennifer para Beth: Por que você iria querer ver um filme quando está de folga de assistir filmes? Eu não escrevo manchetes na minha folga. (Embora eu corrija erros gramaticais. O que dá nos nervos de Mitch.)"

"Pessoas são abandonadas o tempo todo. Especialmente na faculdade. Elas não abandonam os estudos. Não abandonam a vida. Não passam a década seguinte pensando a respeito toda vez que têm chance."

"- Lembre-se - disse a ela -, nem todos que vagueiam estão perdidos. (...) Aquilo lhe pareceu uma coisa muito sem sentido e excêntrica a se dizer. Ainda que fosse uma de suas citações favoritas de O Senhor dos Anéis."

Durante os 89 capítulos (366 páginas) passamos a entender que podemos ser sim muito verdadeiros em nossos emails e que talvez isso seja um alívio. 
Em tempo, personagens secundários que merecem uma atenção especial: Doris é uma senhora viúva que trabalha na redação, um amor de pessoa e que ajudou na história. E a mãe do Lincoln, por vezes bem chata, mas na maioria dos casos cumprindo o papel de mãe.

Sinopse do livro: Beth Fremont e Jennifer Scribner-Snyder sabem que alguém está monitorando seus e-mails de trabalho. Todo mundo na redação sabe. É política da empresa. Mas elas não conseguem levar isso tão a sério e continuam trocando e-mails intermináveis e infinitamente hilariantes, discutindo cada aspecto de suas vidas.

Enquanto isso, Lincoln O'Neill não consegue acreditar que este é agora o seu trabalho, ler os e-mails de outras pessoas. Quando ele se candidatou para ser agente de segurança da internet, se imaginou construindo firewalls e desmascarando hackers e não escrevendo um relatório toda vez que uma mensagem esportiva vinha acompanhada de uma piada suja. Quando Lincoln se depara com as mensagens de Beth e Jennifer, ele sabe que deveria denunciá-las. Mas ele não consegue deixar de se divertir e se cativar por suas histórias. No momento em que Lincoln percebe que está se apaixonando por Beth, é tarde demais para se apresentar. Afinal, o que ele diria...?

15 comentários

  1. sensacional como é descrito a resenha. pelos detalhes desperta até uma vontade de conhecer as obras da autora.

    ResponderExcluir
  2. Eu ainda não conhecia o livro e até que gostei da premissa. Achei a maneira como ele se desenvolve bem interessante e fiquei curiosa com a leitura.

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Sou apaixonada pela Rainbow e seus livros e esse é justamente o que falta para eu completar a leitura das obras dela, que tem um talento nato e sabe muito bem como nos prender à trama. Essa obra em questão parece ter excelentes personagens e belas mensagens e as quotes selecionadas já me deixaram doida pra realizar essa leitura.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. oii tudo bem ?

    estou louca pra ler esse livro mais ainda não tive a oportunidade , adorei a resenha . eu tambem comecei pelo Eleanor e Park e adorei a escrita da autora e estou curiosa em conhecer mais sobre ela.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem?
    Esse é um livro que desejo muito ler um dia, inclusive todos da autora, pelos elogios que ela recebe. Que bom que gostou. Gosto quando os diálogos nos conquistam na estória. Espero não demorar para ler.

    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  6. Olá Ingrid, tudo bem?

    Eu não conhecia esse livro, apesar da simplicidade da capa, eu achei a mesma bem legal. Parece que de fato você gostou do livro, principalmente por parecer ser cômico e ter diálogos bem trabalhados. Deve ser uma leitura leve e prazerosa. Dica anotada!
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá, nunca li nada da autora, mas acompanho diversos booktubers que amam suas histórias.

    Curti sua resenha.

    Abraços

    ResponderExcluir
  8. Oi Aline, não li nada da autora ainda, e infelizmente este livro não me chamou muito atenção. Mesmo sabendo desta troca de emails divertidos e da citação de vários filmes, não vou ler.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Tenho esse livro, e está tanto tempo na minha estante esperando a vez pra ser lido que até fico triste por ainda não ter feito. Adorei a escrita de Rainbow Rowell em Eleanor e Park. Espero não estranhar esse livro devido a tradução, como você mesmo destacou.
    Excelente resenha
    Abs
    Nizete
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  10. Bah, faz tempo que quero ler esse livro. Da Rainbow, li somente Fangirl e gostei bastante, mas a sinopse desse me chama muito mais atenção do que o anterior, então... Já tá na lista!

    ;*

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem? Sempre tive vontade de ler algo da autora, mas ainda não tive oportunidade. Adorei saber que houve melhora na tradução, já que esse é muitas vezes o ponto que faz ou não uma pessoa gostar de um livro. Confesso que o que mais quero ler dela é Fangirl? Já leu? Ótima resenha!
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi! Quero muito ler alguma obra dessa autora, pois vejo muitos comentários bons a respeito.
    É tão ruim quando não é uma tradução das expressões com o mesmo sentido das expressões do português :( Acaba perdendo o sentido mesmo.
    Pela sua resenha parece ser uma história bem leve e fofa e eu adoro quando fazem citações de filmes nos livros.
    Vou anotar a dica!

    ResponderExcluir
  13. Olá Aline, ainda não tive a chance de ler nada da autora, mas pelos seus comentários apesar dos problemas na tradução o livro parece ser bem divertido *-* Adorei a dica.

    ResponderExcluir
  14. Oie
    eu li apenas um da autora até agora mas já tenho esse na estante e ta na lista de leitura, não vejo a hora de ler e espero amar. Parabéns pela resenha

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olá,
    Ainda não fiz a leitura de nenhuma das obras de Rainbow, mas já vi tantos elogios que me sinto tentada a ler todas.
    Uma pena que algumas partes ficaram meio confusas ou sem graça devido à tradução. Isso acho que me incomodaria um pouco. Fiquei bem intrigada para saber mais sobre os e-mails trocados pelas duas jornalistas e o que Lincoln faz após acompanhar alguns deles.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir

Topo