Você já foi resiliente?

Por Ingrid 
Ao som de Don't look back in ager - Oasis


Escrevi e rescrevi um texto sobre resiliência. Tentei mais uma vez e não consegui publicar. Estava com uma característica alta de autoajuda e não acho que sirvo para escrever algo do tipo. Por mais que eu leia (e goste) de livros desse gênero.
A grande questão é: por que falar sobre resiliência? Porque esse tema precisa ser debatido atualmente. A arte de se adaptar. 

Vivemos em um mundo onde o rápido tornou-se ligeiro. Nada se espera. As coisas são pedidas e quando demoram, causam frustração. O nosso contexto muda com uma velocidade muitas vezes incompreensível. Precisamos nos adaptar a várias situações ou iremos acumular frustrações. 
Somos resultado das nossas escolhas, mas quem disse que é fácil ser resiliente? Você já foi? Talvez eu já tenha sido. 
Confesso que a minha atual situação me frusta. Não estou sabendo ser resiliente. Resiliência também pode ser entendida como a capacidade de dar a volta por cima. 
É aprender que dias ruins não transformam a vida em algo ruim. A gente já sobreviveu a diversos dias ruins então por que não iremos sobreviver o dia de hoje?

Ser resiliente é superar as graves adversidades e também possíveis traumas. Isso é também necessário não? 

A verdade é que ser resiliente exige força de vontade. A gente não supera nada que a gente não queira superar. Ser resiliente pede força de vontade. E você a tem?


PS: Esse texto foi o que eu precisava ler hoje, se te ajudou fico feliz. Estamos no mesmo barco.
PS2: Essa foto não é de minha autoria, encontrei em uma coleção no We love it.

3 comentários

  1. Olá, tudo bem?
    Achei esse texto muito bom!!
    Sim, eu sou resiliente! Já tive que superar muitas perdas na família e quando me deparo com alguma situação difícil, penso: isso passa! A vida segue e precisamos ser fortes.
    Beijos,
    Cidália.

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem? É uma característica que preciso e muito na vida. Ser resiliente, afinal algo não sai como planejado, me afundo mais e mais e não consigo dar a volta por cima. São lições que dia a dia a gente vai aprendendo e tenta ver que a vida não é só tristeza. Adorei o texto!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, Ingrid ^^
    Vivo num mundo cheio de sentimentos. Logo, a resiliência de vez em quando não vem pois tem dias que levantar da cama é uma tormenta!
    É enriquecedor aprender novos termos e significados. A nossa língua é tão rica que deverias sempre que possível aprender novas palavras.
    Adorei o livro mesmo ainda tendo aquele pingo de auto-ajuda. Mas gostei da forma que você usou, me senti conversando com você.
    Bjs

    ResponderExcluir

Topo