Resenha: Vrykolakas: Apenas Lembranças

Adicionar legenda
Hoje a resenha de um livro nacional, Vrykolakas: Apenas Lembranças, livro de estréia da autora Nathalia Yamao, e publicado pela Editora Schoba. O livro nos conta a historia de quatro garotas, que agora são vampiras, com personalidades e histórias diferentes, mas com seus destinos ligados por uma profecia. Mika, Midore, Rukia e Tomoyo nunca desejaram ser imortais, mas se tornaram, e tudo o que um dia foi precioso para elas lhes foi tirado, sobrando somente lembranças.
O livro é uma proposta bem diferente dos livros sobre vampiros que já li, e achei bem interessante. Li alguns livros sobre vampiros que as editoras parceiras me enviaram, mas confesso que Vrykolakas foi o que mais chamou minha atenção. Posso afirmar tranquilamente que foi o melhor deles. 
O livro é narrado em terceira pessoa, sempre sob o ponto de vista da pessoa que está relembrando os acontecimentos, a autora usou muito esse recurso das lembranças, tanto que está até no titulo do livro. E essa parte que se passa no passado foi a que mais me agradou, pois conhecemos a historia delas individualmente, seus amores, suas decepções, suas perdas e os momentos em que foram felizes. Através das lembranças você faz uma viagem por épocas e países diferentes, tudo muito elaborado. Com esse conjunto criado pela autora. as personagens que foram muito bem construídas, e o livro em si me ganharam, não tem jeito, você acaba se envolvendo com elas.
A parte do mito do vampiro foi um caso a parte, pois além do que se pode esperar de tais seres, a autora adicionou poderes sobrenaturais que remetem a feitiçaria, e outros seres do mundo da fantasia também aparecem na trama. Cada uma das meninas possui uma habilidade diferente e especial. O que vi em comum com outros romances do gênero é o fato de se alimentarem de sangue de animais, e até de bolsas de sangue humano que "conseguiam" em bancos de sangue de hospitais. vitando assim matar seres humanos para se alimentar. 
O romance está presente na vida de cada personagem de uma forma diferente, mas todas de forma tocante. Temos vários tipos de mocinhos, e até vilões fazem par com nossas mocinhas. E mesmo com tanta maldade acabei me afeiçoando por um deles, mas só lendo você poderá entender. Amo uma carga dramática.
A escrita da autora é ágil e dinâmica, por isso a leitura flui rapidamente. A edição do livro ficou linda, vi algumas criticas a capa, mas eu achei apropriada e lindíssima, a diagramação está perfeita, não encontrei erros de revisão, o livro tem orelhas e a leitura é bem confortável.
O livro me surpreendeu muito, posso afirmar que comecei o ano com uma boa leitura, já que foi o primeiro livro de 2016! A única coisa que me incomodou um pouco (e anda acontecendo frequentemente) foi que somente no final descobri que o livro precisa de uma continuação. Fiquei meio atordoada com isso,  então espero que ele tenha essa continuação, pois ficaram alguns ganchos para um próximo livro e quero muito descobrir o que aguarda essas vampiras!

Enfim, recomendo a leitura para quem gosta de livros sobre vampiros e para quem não gosta também, a proposta é realmente boa. Dê uma chance, você pode se surpreender. 


 Numa cidade movimentada, em um velho prédio de tijolos, moram quatro jovens vampiras que, por décadas, vivem entre os humanos ocultando sua presença. 

 Uma história que conta sobre amores impossíveis, fatalidades e tragédias que ocorreram no passado dessas vampiras.   

 Título: Vrykolakas: apenas lembranças
 Autor: Nathalia Yamao
 Formato: 14×21 cm
 Páginas: 260
 ISBN: 978-85-8013-325-7...

18 comentários

  1. Vampiros... Esse ano eu leio sobre eles! Quem sabe não começo por Vrykolakas. Tá, eu sei que você vai preferir que eu comece por Crepúsculo, mas é que eu quero ler esse aí também.
    Aliás eita nome difícil de pronunciar haha
    Beijos
    sua amiga

    ResponderExcluir
  2. Eu amo vampiros, mas faz tempo que não leio nada sobre eles. Essa coisa de lembranças é mto legal, já li livros nesse estilo e gosto mto. Mas vou te contar... odiei essa capa haahha se tivesse em uma livraria não seria o tipo de livro me atrairia pela capa, mas como agora sei a história do livro talvez eu compre. Esse título é impronunciável hahhahaha
    beijos
    http://www.notinhasderodape.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Nossa, com esse título eu nunca imaginaria que se trata de um livro nacional! Pena que você só descobriu no final que o livro precisa de uma continuação, odeio quando isso acontece comigo... rs... Não curto vampiros, mas por esse livro eu me interessei, deve ser menos sangrento pelo fato das garotas não se alimentarem de humanos, e sim de sangue de animais e de sangue de banco de sangue. Gostei muito também de cada uma delas ter um poder sobrenatural.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Eu não sou muito fã de livros com vampiros, mas eu mudei um pouco meu preconceito depois que eu li um livro do Leonardo Barros que curti por demais. Não conhecia essa obra mas achei bem interesante a proposta da escritora. E sem falar que essa capa tá um arraso
    Bjks

    ResponderExcluir
  5. Oiee ^^
    Ainda não conhecia esse livro, mas saber que têm vampiros no meio (mesmo que ele tenha uma proposta um pouco diferente) me desanimou um pouco. Não gosto muito de livros mais para o lado sobrenatural, principalmente os que têm um pouco de magia e feitiçaria no meio, então não sei se leria esse. Eu gostei da capa, achei bonita :)
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br/2016/01/melhores-do-ano-2015-resultado.html

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    O tema vampiro chama muito minha atenção, mas ainda não conhecia Vrykolakas, mas achei o livro bastante interessante.
    Ele parece bem diferente e gostei da forma como a autora escolheu narrar. Esse ponto de vista é interessante.
    Amei sua resenha e já anotei a dica, pois sei que vou gostar *-*
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Ah, eu achei a capa tão lindinha <3
    Não conhecia o livro mas gostei e não gostei, ao mesmo tempo. Achei bem original essa coisa de a autora adicionar poderes sobrenaturais aos vampiros, fugindo totalmente do óbvio. Mesmo que eles se alimentem de sangue animal e bolsas de sangue humano, como frequentemente vimos. Essa diferente forma de alimentação também sai do óbvio, do que normalmente conhecemos.
    O que não me atraiu foi o livro ser narrado através de memórias. Isso não me agrada muito. Mas no geral, gostei do livro.
    Parabéns pela resenha.
    http://blogladoescuro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem?
    Eu adoro vampiros! às vezes, fico um pouco enjoada, mas sempre passa e quero mais e mais livros de vampiros. Esse parece ter um enredo bastante interessante e adorei os nomes das vampiras. Vou colocar na lista *-*
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  9. Olha eu gostei muito da sua resenha.
    Achei que você abordou tão bem o seu texto que deu até para sentir um pouco da trama.
    Mas eu sinceramente não estou no clima ultimamente para vampiros sabe? Eu até leria se tivesse com vontade de ler algo assim, mas ando precisando de leituras mais leves e descontraidas que me passam alguma coisa entende? Sei lá, ando meio pra baixo com algumas coisas também. Enfim...Mas eu achei a capa desse livro linda. Acho que seria um livro que todos iriam gostar de ter na estante sem sombras de dúvidas!

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/01/resenha-requien.html

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Eu li poucos livros de vampiros, mas esse parece bem interessante!
    Gostei da forma que a autora fez, mudando um pouco o estilo dos vampiros. Eu gostei de saber que podemos ler coisas do passado, mostrando as lembranças..
    parabéns pela resenha
    beijos
    Conchego das Letras

    ResponderExcluir
  11. OiE.
    Adorooooooo. Não conhecia o livro, nem nunca tinha ouvido falar, mas cara, se tem vampiro me passa que eu quero ler kkkkkkkk. É bom saber que o livro é bem diferente de outros livros de vampiro que vc já leu, pois ficar na mesmice ninguém merece, apesar que mesmo assim eu encaro.
    Adorei sua resenha viu. Curtinha e direta, completa.
    Vou colocar o livro na minha lista de desejados.

    ResponderExcluir
  12. Oi, olha eu normalmente evito livros de vampiros devido ao Boom que rolou após a saga crepúsculo, onde tivemos muitos livros ruins e muito mais do mesmo. Porém lendo a sua resenha, que está muito boa e explicativa, Vrykolakas despertou bastante a minha curiosidade.
    Acho que nessa leitura de vampiros eu mergulharia,
    beijos

    ResponderExcluir
  13. Olá!

    Sou louca por vampiros, e no momento acabei de iniciar uma leitura do gênero. Tenho muito fascinio por vamps, desde que assisti a um filme do Drácula (uma das muitas versões criadas), e a premissa desse livro me foi muito cativante, espero ler em breve. Confesso que adoro quando as mocinhas se envolvem com os vilões e eles desmostram ser diferentes ou exatamente aquilo que esperavamos dele.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Olá! Lindo seu blog, achei super fofo! Não conhecia o livro, mas fiquei bem interessada, principalmente por você ter dito que, é diferente dos que estão por ai. Gosto bastante de histórias com vampiros, mas histórias fortes...Misturar elementos sobrenaturais, estar em diferentes épocas...Já fiquei louca para ler, vou procurar por ele. Beijos

    Entre Livros e Pergaminhos

    ResponderExcluir
  15. Eu gosto bastante de histórias de vampiro, e o que mais me chamou a atenção neste livro são as lembranças e as voltas ao passado. Acho ótimo quando vamos conhecendo um pouco mais sobre os personagens a cada volta no tempo. É bom demais ser surpreendida positivamente por um livro, né? Fico feliz que o seu ano com uma boa leitura. Anotei dica!

    Tatiana

    ResponderExcluir
  16. Realmente essa capa está linda, fiquei meia hora só observando ela. Seria o tipo de livro que eu compraria sem saber a história apenas pela beleza da capa! O que eu realmente não gostei é o fato de ser em 3 pessoa, não sou muito fã de histórias assim e também já estou um pouco saturada de vampiros (apesar de achar legal não matarem pessoas, isso meio que afasta do verdadeiro vampiro, não é preciso matar, mas beber de uma pessoa um pouco não é algo que também não se possa fazer) enfim, não que eu ache ruim, eu só meio que cansei desses tipos por enquanto. Mas gostei da parte das lembranças e de poder conhecer todas e suas histórias. Quem sabe mais pra frente eu leia, e se eu encontrar ele por aqui irei com certeza adquirir!
    Beijos
    - Bruna
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  17. Oii, tudo bem?
    Eu confesso que adoro livros de vampiros, tudo no universo deles me fascina! Eu gostei muito da proposta do livro e da forma como você o apresentou, acredito que se eu o lesse iria gostar muito.

    ResponderExcluir
  18. Oi, Lila! Tudo bem? Sei que sou suspeita para falar, mas eu gostei bastante do livro e olha que não costumo ler histórias sobre vampiros. hehe. Parabéns pela resenha! Beijos!

    ResponderExcluir

Topo