Clube da Insônia [Resenha]

Clube da Insônia
Tico Santa Cruz
Ano: 2012 / Páginas: 104
Editora: Belas Letras



Tico Santa Cruz é um artista muito versátil, inteligentíssimo, talentoso, politizado e um tanto polêmico. Passei a minha adolescência curtindo sua banda Detonautas Rock Clube, sempre fui fã e continuo sendo. Mas só vim conhecê-lo além da música após o fenômeno das redes sociais e confesso e passei a admirá-lo de novas formas, mesmo não concordando com tudo que ele diz, eu o sigo e me surpreendo constantemente, ele tem um dom incrível com as palavras.


Quando soube de seus livros, passei a desejá-los ardentemente, o Clube da insônia foi o primeiro que li, talvez pela identificação, já que a  insônia é minha companheira inseparável e eu bem sei o quanto pode ser produtiva. A leitura foi a confirmação do que já sabia, Tico é um excelente escritor, o cara tem muito conteúdo é criativo e surpreendente, além de tudo isso sabe se expressar como ninguém.

Sinopse: Na noite, a fúria e a paixão se encontram. O submundo emerge às ruas, evocando gente esquecida que não tem vez nem voz e perambula pela cidade em busca de luz. A noite também é a casa da diversão sem hipocrisia, da embriaguez, da luxúria, das angústias e das reflexões de quem não consegue adormecer antes de a loucura se recolher novamente aos seus abrigos diurnos. De olhos bem abertos, o músico Tico Santa Cruz, líder da banda Detonautas Roque Clube, leva o leitor a um mergulho na escuridão para compartilhar seus medos e seu inconformismo, em textos viscerais que pulsam do início ao fim, madrugada adentro, até o sol nascer.


O livro tem 22 textos, sendo eles crônicas, poesias e contos, trazendo ao leitor reflexões profundas, desabafos, sentimentalismo e um pouco de diversão .A coletânea é uma compilação dos melhores textos de seu blog pessoal, segundo a escolhas dos leitores e fãs do mesmo. O conteúdo é bem diversificado alguns textos são mais pessoais, trazem uma pegada mais sentimental, emotiva e alguns inclusive são sobre o próprio autor, sua experiências, reflexões entre outros. E claro que não poderiam faltar textos críticos, que remetem a política, a sociedade, levanta questões sobre a desigualdade, e outras mazelas com as quais convivemos e até ignoramos diariamente. 

Além do excelente conteúdo, o livro é muito bonito, a diagramação tem aquele padrão já conhecido dos livros da Editora Belas Letras, sempre linda, diferenciada e primorosa, que agradam muito o leitor. Amei as ilustrações assinadas por Carlinhos Muller, a capa também ficou maravilhosa. Um livro realmente incrível. 

Recomendo que leiam e reflitam, as questões levantadas são muito importantes, o autor não tem medo de se expor e falar o que pensa e o mais importante, fala com coerência e conhecimento dos assuntos, impossível ler e não absorver algo bom. Além de emocionar e divertir, o livro tem o adicional de te fazer pensar fora da caixinha. Se você gosta do Tico vai amar, se não gosta, deixe o preconceito del lado e descubra o que nosso celebre insone tem a dizer. 

“Consciência não é um remédio que se compra no mercadinho; consciência é entender que dentro de você existe uma voz que se preocupa com os demais, mesmo que os demais não se preocupem com eles mesmos.” 

4 comentários

  1. Oiii Lila, tudo bem?
    Realmente confesso que a obra em si não despertou muito meu interesse, não sou muto chegada nesse no Tico, minhas opiniões raramente são parecidas cm a dele, leria por curiosidade mesmo.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Sou apaixonada por esse cantor. Amo as músicas da banda que sempre me tocam de um jeito especial.
    Não sabia que ele havia escrito esse livro, mas já estou muito curiosa para conhecer.
    Sou fascinada por contos e crônicas. Devoro-as como se fossem bombons.
    Acho que vou seguir sua dica e pegar esse livro pra mim.
    Bjs, Mila

    http://a-viagem-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi, mesmo gostando da resenha e gostando de poesias, contos e crônicas, o livro em si não me interessou, por isso, não leria, talvez, se tivesse na estante eu pegaria para ler um outro conto por curiosidade, mas para ter o livro em si, não teria.
    bjus

    ResponderExcluir
  4. Oie
    Eu admiro muito o cantor e gosto muito das propostas que ele faz e das coisas que ele fala principalmente nas redes sociais.
    A capa do livro em si não me chamou a atenção, e para falar a verdade, não gosto muito de poesias e essas coisas, gosto de histórias mais continuas sabe... por isso não leria o livro

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir

Topo