Kaori - Perfume de Vampira [Resenha]

Kaori
Perfume de vampira
Giulia Moon
Ano: 2009 / Páginas: 371
Idioma: português
Editora: Giz Editorial


Século XV: Kaori, uma bela garota com o perfume da sedução, trilha caminhos perigosos entre samurais, senhores feudais, prostitutas e criaturas mágicas do folclore japonês. No seu caminho, surge José Calixto, um artista sensível e apaixonado, capaz de tudo para dar vida a uma obra imortal.



Século XXI: na fervilhante Avenida Paulista, coração de São Paulo, Samuel Jouza tem uma profissão peculiar. Ele observa vampiros para um misterioso instituto de pesquisas. Mas o olheiro percebe que a sua profissão é muito mais perigosa do que imaginava, ao salvar um menino das garras dos sanguessugas.



De um lado, a magia das sagas heróicas de samurais, o mistério das antigas lendas do Japão. Do outro, uma aventura ágil e atual, que tem como cenário o Brasil. Dois universos se entrelaçam e se cruzam neste novo romance de vampiros escrita por Giulia Moon.

Tive meu primeiro contato com Giulia Moon, quando li o livro Flores Mortais que é uma coletânea de contos de vampiras, confira a resenha dele Aqui. No livro também tive o primeiro contato com Kaori e Samuel, no conto Dragões Tatuados, gostei tanto que solicitei Kaori, Perfume de Vampira para a Giz Editorial, confesso que me surpreendi mais ainda com o talento que a Giulia tem para a literatura fantástica. Foi o melhor livro nacional que li esse ano.

Não vou ficar aqui contando o enredo do livro, pois a sinopse já traz informações suficientes, quero acrescentar apenas minhas impressões sobre a obra. O livro é dividido em duas épocas diferentes, você vai sentir como se estivesse lendo duas histórias ao mesmo tempo, cheguei a achar que as histórias não se encontrariam, mas quando se encontraram... Uau, não conseguia parar de ler.

 Cada novo capitulo é surpreendente, o enredo todo amarrado, a autora não deixa uma ponta solta, mesmo sendo uma trilogia o livro te satisfaz como um todo. Embora seja o primeiro livro da autora, ela escreve com bastante propriedade, em cada detalhe você nota o cuidado que ela teve em pesquisar sobre a cultura japonesa, lendas e tradições, os vampiros são retratados com toda sua natureza selvagem e sanguinária, e esqueça aquela história de vampiro que brilha ao sol, eles viram pó, assim como deve ser. 

Confesso que tive que deixar minha alma feminista adormecer um pouco, (embora a Kaori no momento atual seja uma vampira totalmente empoderada) em alguns momentos me senti meio chocada e revoltada com algumas cenas, mas levei em conta o gênero do livro e me entreguei a leitura. 

Como apaixonada por literatura fantástica, posso afirmar que Kaori não perde em nada para grandes obras já consagradas, inclusive fazia tempo que não lia um livro tão bem escrito, um verdadeiro orgulho para a literatura nacional. Com personagens bem construídos e marcantes, cenários bem retratados, Giulia dosa com maestria sensualidade e terror em um livro intenso, belo e surreal. Na verdade em alguns momentos real até de mais. Seria ela uma sucessora de Anne Rice?



A edição do livro está impecável, a capa é lindíssima, a diagramação está caprichada, cada início de capitulo traz o dragão que tem um papel importante na historia dos personagens. Não encontrei erros de revisão. Um verdadeiro primor.

Sei o quanto alguns leitores tem preconceito com livros sobre vampiros, principalmente devido a febre que aconteceu após a Saga Crepúsculo, mas é melhor deixar qualquer pré julgamento de lado, pois irá perder uma excelente leitura. Recomendo e afirmo que sou mais uma dos muitos fãs que Giulia Moon arrebatou com sua escrita fabulosa. 

Avaliei com 5 estrelas no Skoob, e a media dele é 4.2, podem ver que não estou exagerando na minha avaliação. Boa leitura!

"O passar  do tempo pode, sim, deixar algo mais do que simples lembranças efêmeras."

"Doía demais saber que nunca mais iria vê-la. Queria manter viva a lembrança do rosto dela, de todos os detalhes que os olhos não poderiam mais reviver."




9 comentários

  1. Caramba, mulher. Que resenha! Não faz o meu tipo de livro mas sua resenha está bem completa. A capa do livro me agradou muito e eu talvez leria só pela capa! Mas pelas coisas que você citou no livro não gostei tanto.
    Xo, http://letrasemvida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá, eu tenho muita vontade de ler os livros da autora mas ainda não tive oportunidade. Gosto de histórias que tragam outras culturas. Ótima resenha!

    ResponderExcluir
  3. Aline, não conhecia a obra, mas a junção de fantasia com vampiros é a minha preferida e depois de tantos elogios já estou me roendo de curiosidade!
    Quero muito ler a obra e espero ficar tão encantada quanto você.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  4. Oiii Lila, como vai garota?
    Eu fiquei aqui babando pela resenha porque a obra despertou muito interesse, gostaria de saber o que essa garota tem demais para chamar tanto atenção e creio que ela esconda um grande mistério a ser lido e descoberto, parabéns pela resenha, está incrível.
    Beijinhos lindaa

    ResponderExcluir
  5. Sempre tive vontade de ler algum livro da Giulia, já ouvi coisas ótimas sobre sua obra e olha que vampiros não são meu forte hehehehe

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem?

    Interessante a premissa. Não conhecia a autora mas achei a capa intrigante e o enredo curioso, com certeza um prato cheio para os fãs de fantasia. Eu passei um pouco minha fase vampiro. Haha era viciada. Mas se por acaso sentir vontade novamente este entrará na lista.

    beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Acredita que li as partes do Japão Feudal em uma aula da faculdade? Sério, esse livro me salvou de uma aula de três horas e meia de pura chatice! kkkkkkkkkk
    O ruim é que depois meu amigo não me emprestou mais para que eu pudesse lê-lo por completo, mas como você disse há cenas beeeem chocantes, principalmente quando Kaori fica nas garras daquela cafetina odiosa... Até hoje não entendo porque aquela criatura foi transformada... Enfim, gostei de sua resenha e vou tentar reler esse livro! =)

    http://olhoscastanhostambemtemoseufascinio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Realmente assim como você falou eu tenho um certo preconceito com vampiros kkk, depois de tantas decepções com livros de vampiros você até para de tentar mas esse livro não parece fazer algo que eu odeio que é tirar a idéia de que o vampiroa é algo fofo e que brilha e sim um monstro que bebe seu sangue kkkk com certeza irei dar uma chance.
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Olá, adorei a resenha, parabéns. Confesso que estou um pouco cansada dessa temática, mas fiquei curiosa com essa obra e vou anotar a dica!

    Abraços

    ResponderExcluir

Topo