Por que falamos tanto em amor?

Por Ingrid

Estudos feitos por mim mesma indicam que a cada 10 textos que lemos na internet 9 são de amor. Aquele sentimento que muita gente diz não se importar enquanto outras são devotas. Mas na realidade o que faz todo mundo falar sobre o amor? Uma coisa tão romantizada pelos filmes e até elitizada nas novelas. 

Um sentimento tão vasto e profundo que é por isso que falamos tanto. Se fala em amor porque buscamos entender nem que seja um pouco esse sentimentos. E por ser tão vasto, podemos tocar sempre no assunto de pontos de vista diferentes. 
Escrever sobre o amor é ter sempre assunto. Como pode alguém não amar ninguém? Olha que não me refiro ao amor romântico e sim em uma coisa geral. Amar pode ser doloroso (amar alguém que já se foi) ou gratificante (amar alguém reciprocamente).

Quem escreve sobre o amor geralmente é poeta, mas isso já caiu por terra, quem escreve agora é o amante. Aquele que faz questão de transbordar junto a outra pessoa. 
Aliás, você não precisa ser nenhum conhecedor da linguagem para falar sobre esse sentimento, mas é preciso escrever com a alma.

E quem escreve com a alma é o apaixonado.




Um comentário

  1. "Quem escreve sobre o amor geralmente é poeta, mas isso já caiu por terra, quem escreve agora é o amante. Aquele que faz questão de transbordar junto a outra pessoa."
    muito verdade isso!

    ResponderExcluir

Topo