{Resenha} Princesa das águas - Paula Pimenta

"- Desde que o vi, ele nunca mais saiu da minha cabeça... Acho que fiquei enfeitiçada! - falei, tentando fazer graça
- Bem-vinda ao clube, o amor faz isso com as pessoas! - ele falou"

"Quem não acha bonitinho uma moça enamorada? Vai ser 'fofo' como você vive dizendo!"

O novo livro da Paula Pimenta "Princesa das águas" nos traz uma nova releitura dos contos de fadas. Dessa vez temos uma releitura da Pequena Sereia no contexto das olimpíadas no Brasil e ao meu ver foi um contexto bem trabalhado e elaborado. A Paula conseguiu extrair o espírito olímpico e criar personagens com verossimilhança. 

A começar pela Arielle Botrel uma menina com irmãs cantoras, um pai amigo ao mesmo tempo severo e uma nadadora profissional. E embora seja a caçula e tenha perdido a mãe quando ainda era criança, ganhou por herança uma bela voz, porém não cantava para não se lembrar dela. Não, não é errado lembrar da mãe que partiu, mas ela não gostava de ver seu pai triste nem por um momento.

Até que um dia ela viaja a um campeonato para Zurique, ganha como era de se esperar, mas o que vem de inesperado é um convite para uma festa que poderá mudar seu destino e de sua voz. 


Sinopse: Uma releitura da história da Pequena Sereia, com a marca de Paula Pimenta, uma das mais importantes autoras brasileiras da atualidade. Arielle Botrel é uma nadadora famosa, prestes a viver o maior desafio de sua vida: participar das Olimpíadas pela primeira vez. Porém, ao contrário do que todos pensam, ela não possui tudo que deseja. Por ser a filha caçula de uma grande família, a garota é muito protegida e, apesar das medalhas e dos troféus, sonha com uma vida diferente, onde possa ser livre. Até que um dia um acidente faz tudo mudar. Arielle é apresentada a um mundo diferente... E nele existe alguém que vira sua vida de cabeça para baixo. Porém, para conquistá-lo, ela terá que abrir mão de sua voz. Será que Arielle vai conseguir conquistar esse príncipe sem palavras? E se no coração dele já existir outra princesa?

Essa leitura é bem para o público infanto-juvenil, logo se você tiver atrás de um presente para uma menina entre 10 e 15 anos eu daria com certeza. Garanto que ela irá se divertir com a estória.

Um comentário

  1. "Por ser a filha caçula de uma grande família, a garota é muito protegida (...) sonha com uma vida diferente, onde possa ser livre."

    Resumiram minha adolescência inteira hahahaha

    Sempre ouvi falar muito bem da Paula Pimenta, mas nunca li um livro dela.
    Eu adoro leitura assim (mesmo sendo de outra fase rs), acho leve e super gostosa!!


    Beijos!!

    ResponderExcluir

Topo