{Resenha} Feita de Fumaça e Osso - Laini Taylor

Por Thainá Ferreira

Um romance de tirar o fôlego, sobre destino, esperança e a busca de si mesmo" The New York Times.
Pelos quatro cantos da Terra, marcas de mãos negras aparecem nas portas das casas, gravadas a fogo por seres alados que surgem de uma fenda no céu. Em uma loja sombria e empoeirada, o estoque de dentes de um demônio está perigosamente baixo. E, nas tumultuadas ruas de Praga, uma jovem estudante de arte está prestes a se envolver em uma guerra de outro mundo. O nome dela é Karou. Seus cadernos de desenho são repletos de monstros que podem ou não ser reais; ela desaparece e ressurge do nada, despachada em enigmáticas missões; fala diversas línguas, nem todas humanas, e seu cabelo azul nasce exatamente dessa cor. Quem ela é de verdade? A pergunta a persegue, e o caminho até a resposta começa no olhar abrasador de um completo estranho. Um romance moderno e arrebatador, em que batalhas épicas e um amor proibido unem-se na esperança de um mundo refeito.

Karou é uma garota diferente, com seus cabelos azuis e um tanto misteriosa, ela não se lembra dos pais e é criada em um covil junto com  quimeras. Ela realiza uma missão um tanto curiosa de recolher dentes do mundo todo.
Karou tinha um colar feito de scuppy  que Brimstone havia lhe dado. Os scuppies podiam realizar pequenos  desejos.

"No mundo inteiro só havia um lugar onde os humanos conseguiam desejos: na loja de Brimstone. E só havia uma moeda que ele aceitava. [...] Eram dentes."

 Um dia durante suas viagens entre portais, Karou notou uma marca acima da porta, era uma marca negra de mão queimada perfeitamente esculpida. Que criatura fizera aquilo?

"Quando todas as portas estivessem marcadas, seria o início do fim."
Em uma das viagens pelo portal Karou encontra com Akiva, um anjo. Mas ela não entende porque sente coisas estranhas quando está perto dele, e porque ele a persegue. Mas não só ela, o anjo também sente coisas estranhas e não entende porque não consegue executar sua missão. Ambos sentem uma ligação que até então não compreendem.

O livro Feita de Fumaça e Osso é uma aventura vivida por Karou em busca de conhecimento e descobertas sobre si mesma. O livro nos deixa várias perguntas ao longo da história que são respondidas apenas no final. Assim despertando em nós a curiosidade de saber quem é e de onde vem a garota, o porquê de uma humana estar junto com quimeras e para que afinal servem os dentes.
Por mais clichê que sejam as histórias de anjos e demônios, a autora Laini Taylor conseguiu trazer um mundo diferente onde anjos não são tão bonzinhos assim. Os personagens foram bem desenvolvidos e a criatividade da autora foi longe na descrição das criaturas.
O livro é um romance que cativa e te deixa com vontade de saber mais e entender sobre o passado de Karou, que apesar da pouca idade é forte, decidida e determinada.
Eu esperava uma história iguais às outras de anjos e demônios, mas foi bem diferente do que eu já tinha lido e o final ainda manteve a vontade de descobrir mais sobre o destino dos personagens.

Quotes:

Ansiar por amor a fazia se sentir como um gato sempre passando pelos tornozelos, miando: Por favor, me faça um carinho, olhe para mim, me ame. Melhor ser o tipo de gato que olha tudo friamente do alto de um muro, a expressão inescrutável. O gato que foge de afagos, que não precisa de ninguém. Por que ela não podia ser esse gato



Aquele que luta com monstros deve tomar cuidado para não se tornar um monstro também, e quando se olha muito tempo para um abismo, o abismo também olha para você.



— É diferente porque a esperança vem de dentro de você, e os desejos são só magia. — Desejos são falsos. A esperança é verdadeira. A esperança faz sua própria magia.



Esperança? A esperança pode ser uma força poderosa. Talvez não haja magia real nele, mas quando você sabe o que mais deseja e mantém isso aceso como uma chama dentro de si, pode fazer as coisas acontecerem, quase como mágica



Nunca se arrependa da sua própria bondade, criança. Permanecer leal diante do mal é um feito de força.


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo