Sonhos com Deuses e Monstros [Resenha]

Sonhos Com Deuses e Monstros
Feita de Fumaça e Osso # 3
Laini Taylor
Ano: 2015 / Páginas: 560

Editora: Intrínseca

Aviso: Pode conter spoilers dos livros anteriores.

Os serafins do Domínio atravessaram o portal e foram para o mundo dos humanos a mando do novo imperador Jael, em busca de armas para o extermínio dos quimeras e dos Ilegítimos. 

Akiva continua em busca de sua redenção, mas agora a esperança de ter Karou diminuiu, ela já não é a mesma e o amor deles também não é. Ou será que o amor já não é compartilhado por ambos?

Akiva tenta um acordo com o Lobo Branco para impedir um inimigo em comum. Anjos e quimeras irão se aliar? Mas até então ninguém desconfia da mudança de Thiago. E quando os quimeras descobrirem que o Lobo Branco não é exatamente Thiago?



"Era incrível como duas almas podiam olhar através do mesmo par de olhos de maneiras tão diferentes, como se os remodelassem por completo."



Eliza por motivos pessoais se esconde de sua família, mas será que realmente ela está segura? Ela tem pesadelos a noite e sempre o mesmo sonho com monstros. Será uma previsão da futura guerra?
Mas quem realmente é Eliza?


Vi vários comentários dizendo que o segundo volume da série é o melhor, mas fiquei na dúvida em qual levar este título se o segundo ou terceiro . A história está mais tensa e bem decisiva quanto o amor de Karou e Akiva e a guerra.

" Quantos segundos são necessários para se perder tudo o que importa."


Os 3 volumes tem fases de altos e baixos, há capítulos muito bons cheios de ação e que atiça a curiosidade e capítulos mais calmos. Apesar de no geral ser uma história boa e bem diferente das demais de anjos e demônios e todo o clichê envolvido (que sempre tem) demorei consideravelmente para concluir a leitura. 

Sobre inicio meio e fim de uma historia particularmente gosto do meio do livro onde tem toda a ação e o desenrolar da vida dos personagens. Acho o início um pouco chato, conhecer cada personagem e o papel de cada um na história e toda a monotonia. Normalmente os finais são ruins, ou é só mais um final igual aos outros ou é um final sem nenhum bom acontecimento para o leitor fechar o livro e dizer " Meu Deus, que história, que final...". Esta trilogia teve um final plausível e bonitinho mesmo sendo um pouco ja esperado. Achei que foi um bom desfecho, porque ate o ultimo instante a autora me concedeu o benefício da dúvida quanto a união deles. Me apaguei aos personagens e sentirei falta deles, não esperava ficar com uma ressaca literária. Vale a pena conferir essa história da Laine Taylor.


" a felicidade é capaz de transformar tudo. Conserta corações partidos e faz vidas valerem a pena."

Sinopse: No esperado desfecho da série que conquistou milhares de fãs mundo afora, um inimigo maior une quimeras e serafins em uma batalha épica, e o amor tem enfim a chance de alcançar a redenção. Dois mundos se equilibram na iminência de uma terrível guerra. Na Terra, os humanos recebem com êxtase os anjos e seu imperador, que pretendem angariar armas para um combate maligno. Karou assumiu o controle da rebelião quimera e, ao menos na batalha contra o inimigo em comum, está, finalmente, ao lado de Akiva. É uma versão distorcida do tão antigo sonho dos dois, uma esperança de futuro para seus povos. E, talvez, para o amor que eles sentem renascer.

Por: Thainá Ferreira

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo